A carne está pela hora da morte. É hora de virar vegetariano?

O preço da carne está pela hora da morte, em 30 anos nunca esteve tão cara. É hora de virar vegetariano? Se você nunca pensou nisso, esse post é para você que provavelmente já está numa dieta vegetariana sem saber. Olha só, tem muitos tipos de vegetarianos:

  • Segunda sem carne: você deixa de comer carne nesse dia, não é propriamente vegetariana, mas é um dos caminhos mais fáceis de começar. Geralmente a primeira que as pessoas deixam é a vermelha.
  • Piscovegetariana: a cerne da dieta é de peixes.
  • Ovovegetariana: o único produto de origem animal na dieta são ovos.
  • Lactovegetariana: tem leite e seus derivados, como queijo.
  • E daí vem as combinações: se você come ovos e leite, vai ser ovolactovegetariano.
  • Vegetariana estrito: é aqui que a coisa enrola, as pessoas costumam achar que vegetarianos que só comem legumes são veganos, mas há uma diferença.
  • Vegana: é a dieta sem qualquer produto de origem animal, só que vai além pois não se consome roupas e cosméticos que tenham produtos animais por exemplo.
Imagem: giphy.

Em primeiro lugar, você não precisa saber tudo isso. O mais importante é aprender a viver com menos ou quem sabe, sem carne alguma. Isso não é exatamente fácil porém está longe de ser complicado. Confira algumas opções!

Problema: mas não é caro virar vegetariano? Solução: Dieta com ovos.

Imagem: giphy.
Ovo molinho para quem gosta|

Não é caro virar vegetariano. É caro fazer comida com frescura e no momento, com carne vermelha. Se liga, não deixa essa estória de que ser vegetariano não é para você por causa do dinheiro.

Dessa forma você pode economizar bastante se fizer comida caseira, o que não precisa de nenhum tipo de esforço ou técnicas mirabolantes. Uma sopa de legumes com pão e para quem está começando, com ovo, pode ser muito deliciosa. Tente jogar o ovo direto na sopa bem quente e espere “cozinhar”. Além disso, você pode deixar mais inteiro ou mexer até virar um creminho.

Problema: onde vou conseguir minhas proteínas? No arroz e feijão por exemplo.

Imagem: giphy.

Dessa maneira, é importante saber que conseguir proteínas é mais fácil do que você imagina. Não é por acaso que o brasileiro come arroz com feijão. Essa é uma combinação mágica cheia de proteína. Aprendi com uma dona de restaurante que me ensinou bastante coisa. Só não funciona para quem tem uma dieta low carb pois feijuca e arroz é uma explosão de carboidratos. E fica ligada que tem mais, legumes e verduras também tem proteína bebê, ela não é incompleta. E não falei das oleaginosas tipo amendoim que em 100g de alimento tem quase 30g de proteína. D

Problema: me sinto fraca quando como pouca carne. Solução: alimentos que dão sustança.

Imagem: giphy.

Ser vegetariano não deixa ninguém mais fraco, muito pelo contrário. o corpo costuma se adaptar rapidamente, apenas em poucos casos é diferente. Acontece que a maioria das pessoas usa esses poucos casos para não tentar. E não tem nem tempo para ensaiar como uma dieta divertida e diversificada vai te deixar bem forte. Assim procure comer alimentos que demoram para serem digeridos e que sejam diversificados. Um exemplo? Os integrais como milho. Portanto, não fique com medo. Só para você ter uma ideia, vegetarianos tem uma vida sexual mais satisfatória. Veja se isso não é um baita incentivo além do preço que é mais barato!

Problema: não tenho tempo para preparar essa comida. Solução: tem sim!

Imagem: giphy.

Essa é uma das desculpas que a gente mais escuta quando falamos que somos vegetarianos, mesmo que a gente nunca tenha tentado convencer ninguém a ser também. Porém a resposta para isso é simples: se você tem tempo para fritar um bife ou fazer uma carne de panela, tem sim tempo para fritar uma batata, fazer uma sopa, um feijão ou uma salada. Além do mais, dá para preparar a comida da semana em uma sentada só ou pelo menos, a do dia seguinte. A coisa só vai complicar se você quiser fazer um macarrão e começar pela massa por exemplo.

Problema: Complicou? Solução: Coma vegetais e manda inbox!

Imagem: giphy.

Come legumes e fala comigo aqui na caixinha de comentários que posso ajudar e compartilhar contigo um pouco mais da minha experiência. Enquanto isso, se lembre que hábitos são mesmo complicados de mudar mas é possível sim. A gente vive numa sociedade que fez com que a carne parecesse sinônimo de sucesso e agora que o preço está nas alturas, é quase uma ostentação comer um bife. Acima de tudo, saiba que tem solução sim e na dúvida procure alguém mais velho de sua família que eles certamente poderão falar sobre isso e quem sabe, compartilhar com você boas soluções.

Imagem: unsplash.

Você fala e a gente escuta