Precisamos usar a máscara PFF2. E usar muito bem.

two red and yellow owl ceramic figurines

Os números avançam, precisamos falar sobre a máscara PFF2. Embora a variante omicron seja considerada “benigna”, ela ainda mata, sobretudo as pessoas que não completaram seu esquema de vacinas. O que inclui nossas crianças. Alguns especialistas dizem que é possível sair na rua sem máscara, desde que você fique completamente isolado e não fale com ninguém. Mas não vale sair nas ruas desprotegida e sair agraçando as pessoas obviamente. Tudo é uma ponderação. Se bem que eu poderia te dar dez motivos para não ir para a academia, por exemplo.

Por isso a principal medida de cuidado ainda é o distanciamento e o uso de máscaras melhores, aquelas que seguem o padrão NS95. Embora a gente saiba que nem sempre elas estão disponíveis no mercado. E quando a gente acha, o preço é exorbitante. E como faz quem anda de transporte público, sabendo que essa é uma medida extremamente necessária e que não está ao alcance de todo mundo?

Qualquer máscara é melhor que nenhuma máscara. Mas precisamos tomar alguns cuidados.

Não menospreze as máscaras de pano, dessas com três camadas, se você não tem a oportunidade de usar outros modelos. Tome cuidado para que ela esteja bem justada ao seu rosto. Sem que escape ar pelas laterais e nariz. “Qualquer máscara é melhor que nenhuma máscara.“, como diz a médica Raquel Stucchi. A próxima opção como diz Stucchi é o uso das máscaras cirúrgicas, também com tripla camada: “Sem dúvida nenhuma, com uma variante mais transmissível, pelo menos a máscara cirúrgica deveria ser utilizada, apesar de ser descartável”.

Porém a segunda melhor escolha é a N95. Fique atenta à aprovação da Anvisa e ajuste muito bem ao rosto. A novidade é que agora, pela falta de máscaras para todo mundo, podemos reusitizá-la, desde que se observem algumas cautelas. Segundo Vitor Mori, “as máscaras devem ficar penduradas em local arejado e longe do sol por algum tempo — não há regra sobre esse período, mas o ideal é deixá-las “descansando” por, pelo menos, três dias“.

Se puder, use a máscara PFF2

Sempre que possível a máscara PFF2 é a nossa melhor escolha. Você possivelmente busca esse modelo na farmácia mas Bruno Carvalho do site PFF para todos alerta que “o correto é procurar por PFF2 em lojas de equipamentos de proteção individual (EPI) e em lojas de material de construção”. Você pode procurar pelo seu Certificado de Aprovação (CA) na embalagem. Lembrando que ao usar ma´scara você protege a si mesma e todo mundo. Um dever cívico que infelizmente nem todo mundo é capaz de respeitar. Porque entender, todo mundo já entende.

Quantas vezes posso reutilizar a minha máscara PFF2 ?

Se a gente pudesse desinfectar a máscara corretamente, através de um processo envolvendo peróxido de hidrogênio vaporizado, poderíamos reusá-la até 25 vezes. É o que afirma um estudo do Instituto de Tecnologia de Massachusetts. Note que a máscara PFF2 não pode ser limpa com álcool. Quem tem o diagnóstico positivo precisa descatar suas máscaras sempre.

Lembrando que estamos diante de uma nova variável, a Deltacron. Camila Fiorini é uma das primeiras pessoas no mundo a ser infectada com essa nova cepa. Até o momento, não temos dados em quantidade suficiente para entender como ela se comporta. Ou seja, afirmar que ela carrega o pior da Delta e da Omicron ainda não é possível. Simplesmente não sabemos. Como disse antes, não há nenhuma garantia que seja benigna. E se for, tudo pode mudar de uma hora pra outra.

Ainda não acabou. Precisamos usar a máscara PFF2. E usar muito bem..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts
Read More

Um banho de spa em casa para os dias de longão

Não se renda guerreira, respire fundo e gaste seu último fôlego para fazer esse ritual que é muito simples, mas muito gostoso. E não se esqueça de deixar tudo pronto antes de sair para o longão. Assim é só chegar em casa e cair pra dentro.