Zwift: como triatletas estão treinando e competindo

Zwift, já ouviu falar? Claro que sim, quem está atrasada sou eu mesma. E certamente vocês estão sabendo tudo sobre o primeiro final de semana de competições Ironman Virtual Race Series e como os triatletas (de verdade) estão treinando e competindo durante a quarentena.

Fiquei chocada.

Um tal de zwift

Em primeiro lugar, faz nem uma semana que fiquei sabendo sobre um tal de Zwift, que nada mais é que uma plataforma online que torna tudo isso possível. E para que você possa treinar de verdade enquanto o mundo acontece lá fora. Com ou sem coronavírus. E se você pensa que cachaça é água, fique sabendo que essa brincadeira existe há alguns bons anos.

Você precisa de uma bike compatível com o sistema, um rolo de bicicleta compatível com o sistema e mais um sensor para aferir sua evolução, que pode ser de um modelo compatível ou aquele a própria empresa vende por não menos que 399 dólares mas não entrega no Brasil. E pronto, você está pronto para ser um triatleta (de verdade) durante a pandemia.

Talvez não, pois ainda falta uma ótima conexão de internet, baixar o aplicativo na empresa e um computador bacana. Além de um ventilador daora. Não se esqueça de proteger o quadro de sua magrela porque o suor acaba com ele e um frequencímetro. Daí você pode se imaginar fazendo algo assim… De graça por um período de uma semana. Depois você precisa pagar a assinatura do sistema.

Até frango

E como você é mais veloz no andor, certamente acompanhou esse final de semana agitado com eventos como a Race Across America que cruza os Estados Unidos de bicicleta em 12 dias de duração e um percurso de 4800km.

zwift

Para quem vive em países menos desenvolvidos, vamos criar estradas esburacadas, motoristas folgados e comida ruim de beira de estrada.

Eric Min, CEO da plataforma

Pois bem que queria, não nego, logo eu que tenho até hoje conta no Second Life. Afinal, como na minha família a gente é tão humilde que come até frango, como dizia o finando meu avô que deus o tenham em bom lugar, nem ia ficar brava de correr na beira de uma estrada esburacada, comendo comida ruim e enfrentando ciclistas folgados, rá.

Você fala e a gente escuta